Previsões Mayas Sobre o Fim do Mundo !

Documentário sobre os Maias causam Apreensão em todo mundo!

Os Maias, Pano de fundo do filme Apocalypto de Mel Gibsom, aparece hoje como protagonista na revelação de previções sobre o fim do mundo em 2012, sendo que outros fatores se somam a estas previsões que causam apreensão nas pessoas que não tem como comprovar a veracidade de tais previsões Apocalipticas.

Mas, afinal de contas os Maias Conheciam mesmo o Futuro ?

Como os Maias puderam prever tantos acontecimentos no mundo que eles nem conheceram ?

Até que ponto devemos nos preocupar com estas  revelações ?

São muitas as perguntas que permanecem sem resposta mesmo depois que foi revelado ao mundo, o conteúdo do código de Dresdem livros da Cultura Maia que foram tarduzidos, alguns exemplares que foram salvos da fogueira que queimou todo o conhecimento Maia e Asteca no México, foram levados para a Europa e ficaram esquecidos por mais de duzentos anos, até que em 1880 foi desvendado seus hieróglifos por um estudioso alemão.

O segredo estaria contido no famoso Calendário Maya e Asteca utilizado por aqueles povos como medida de tempo, que na verdade são tres calendários distintos e que quando combinados revelam acontecimentos do passado e do futuro.   Os estudos revelam que sua história é até mais antiga do que a que estudamos hoje e até contém relatos sobre como se iniciou a humanidade.

A nossa história atual diz que este povo apareceu por volta do ano 900 A.C., e teve seu auge em torno de 900 D.C., mas certamente a história escrita por eles mesmos leva em consideração os povos que os precederam como uma única história e parte de um só povo e um mesmo futuro.

Basicamente existe uma maneira de se compreender o tempo e o espaço bem diferente da nossa, enquanto nós analizamos o tempo de forma linear, tendo um princípio e uma continuidade até o infinito, nossos amigos Maias o consideravam como um círculo ou um ciclo como a propria forma de seu calendário, algo que chegando ao fim se inicia novamente no mesmo ponto de início como um ponto marcado numa circunferência, certamente é o fim de um ciclo más continuará no próximo ciclo que se inicia ali mesmo.

Então o conceito de fim seria o mesmo que um novo começo que jamais terá um fim, na realidade é o mesmo que nosso infinito em linha reta, sem fim em qualquer uma de suas extremidades, não sabemos quando começou e jamais saberemos quando findará e muito menos em que parte da linha estamos neste exato momento.

Por outro lado, o calendário revela previsões resumidas de 20 em 20 anos, como acontecimentos que virão ou que se foram, uma vez que se repetirão no proximo ciclo, de certa forma as previsões futuras também poderiam ser consideradas como acontecimentos passados uma vez que em seu calendário o futuro é o passado que se foi e voltará na seguencia de sua circunferência.  Na nossa compreenção de tempo isto não ocorre, porque a nossa linha não se curva para voltar ao início e recomeçarmos no passado como um novo presente.

Este assunto já está bastante difundido na net e praticamente ninguém acredita em acontecimentos catastrôficos, hoje a resposta geral é a mesma, quem viver, verá e quem sobreviver, comemorará.    Na verdade talvés este dia passe mesmo totalmente desapercebido. A revista Galileu da Editora Globo, lançou uma matéria para desmistificar tais previsões e explicando-as num nível imparcial para garantir o minimo de verdade sem idealismos incrustrados.

Os Maias comemoravam o final de cada ciclo e o início de um novo ciclo, da mesma forma que fizemos uma grande festa no final do século XX na passagem para o século XXI, na verdade o que está descrito em forma de previsões é mesmo o final de um ciclo e o inícicio de outro, sendo que tudo isso foi previsto devido às observações nos movimentos astrológicos que sempre são cíclicos, coisas que nossos observadores interplanetários descobriram agora já estava escrito nos livros Maias a vários séculos atrás.

Observatório astronômico de Chichén Itzá. Os Maias possuíam grande interesse nos astros.

Certamente todo ano que se inicia começa no mesmo ponto do espaço, mas não no mesmo ponto do tempo, mostrando que este novo ano não será uma simples repetição do anterior e por mais que o movimento dos astros sejam idênticos, ciclo após ciclo, isto não significa que uma catástrofe que aconteceu no passado acontecerá novamente.

Porém, nada disso interfere no fato de que, ultimamente muitas catástrofes que ocorrem no meio ambiente, que é uma soma de vários fatores, tanto astrofísicos como principalmente causados pela industrialização e degradação da natureza, que são provocados pela ação direta do homem e não por uma ação Divina ou natural, isto sim provoca uma contra-reação natural que reequilibra o meio hambiente e o ecosistema.

As Catástrofes de hoje e de amanhã devem ser temidas sim, e muito mais que o final do ciclo Maia, porque os nossos governantes preferem não tomar providências com relação as previsões científicas, essas sim poderiam ser evitadas e contornadas, mas com um grande retrocesso na nossa indústria do descartável que transforma tudo em lixo que poluirão o planeta em que vivemos por mais de 500 anos.

Mas a pergunta é a seguinte:

Quem hoje quer pagar este preço para garantir um futuro melhor para nossos netos ?

Uma coisa é certeza, eles viverão em um planeta decaído e em crise constante, porque não haverão recussos naturais para preservar a vida e um ecosistema que funcione perfeitamente em equilíbrio.

Mas a boa notícia é que tudo isso ainda pode ser evitado hoje mesmo !

. O Que outros Dizem sobre isso ?

Conheça a Cultura Maia, Asteca e Inca !

O que era o calendário Maia ou Asteca ?

Outros detalhes sobre os Maias e Astecas !

http://mayacalendar.com/mayacalendar.html em inglés ou espanhol

Conheça o código de Dredem e suas previsões !

Veja os documentários no Youtube !

http://presentepravoce.wordpress.com/2008/09/25/pode-nao-ser-agora/

Veja em Português

Veja no Discory Channel

CienciaHoje contesta a versão dos fatos do documentário !

Revista Galileu Justifica os dados imparcialmente !

.


Gloria Pollo

.


Anúncios

Sobre presentepravoce

Sou Católico Apostólico Romano e Participo da RCC a 38 anos. Meu objetivo é compartilhar experiências e ensinamentos sobre Família e relacionamento de casais na luz do Batismo no Espírito Santo, O Selo Da Nova e eterna Aliança.
Esse post foi publicado em Descartável & Reciclável, Ecosistema, Meio Ambiente, Poluição, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s